MENU

REGISTAR

X

É programador(a) artístico/a e gostaria de estar no DDD - Festival Dias da Dança?

Esta é uma área onde disponibilizamos todo o programa, informações úteis e mantemos o contacto mais próximo.

Junte-se ao DDD 2022!


ENTRAR

Se ainda não tem uma conta, clique aqui para aceder ao formulário de registo.

04

.

04


<

13

.

04


<

18

.

04


<

19

.

04


<

20

.

04


<

21

.

04


<

22

.

04


<

23

.

04


<

24

.

04


<

25

.

04


<

26

.

04


<

27

.

04


<

28

.

04


<

29

.

04


<

30

.

04


<

01

.

05


<

06

.

05


<

07

.

05


<

Diana Niepce
PT

close  x

Anda, Diana
photo
photo
photo
photo
photo

“Quero falar do que escondemos. Não existi quase toda a minha vida por culpa da crença de ter de existir num corpo que não era o meu. Vou parar de pedir desculpa ao policiamento da norma, que destrói tudo o que difere dela própria. Não sou incompleta. Quero parar esta violação da minha intimidade e ninguém me dirá como ser. Deixei de procurar o meu corpo no corpo do outro e encontrei-me com o outro. No trato secreto que faz do meu corpo um contador de histórias, encontrei o sentido do seu estado íntimo e real.”  - Diana Niepce  

 

Nesta peça, a bailarina e acrobata Diana Niepce retrata a reconstrução do seu eu, depois de uma queda (que a deixou com uma lesão medular), num diálogo entre corpo e mente, entre a lógica e o caos, até construir o corpo que dança. Nesta peça questiona-se o que é a norma, desafiando os preconceitos e as ideias que a sociedade tem no que respeita à estética dos corpos. Aqui, a deficiência, ainda que presente, não se posiciona como uma vítima do sistema. Pelo contrário, este corpo fora da norma posiciona-se como revolucionário. 

Direção artística  

Diana  Niepce   

Interpretação 

Diana  Niepce, Bartosz  Ostrowski, Joãozinho da Costa   

Apoio à Dramaturgia 

Rui Catalão   

Desenho de luz    

Carlos Ramos

Som

Gonçalo Alegria   

Figurinos 

Silvana  Ivaldi   

Captação Fílmica e Promocional 

Eduardo Breda   

Fotografia 

Alípio Padilha   

Gestão 

Patrícia Soares   

Direção de Produção e Comunicação 

Filipe Metelo  

Casa de Produção 

Produção d’Fusão   

Coprodução 

TBA – Teatro do Bairro Alto   

Residência de coprodução 

O  Espaço do Tempo   

Apoio 

Direção Geral das Artes / Ministério da Cultura, Biblioteca Municipal de Marvila/ Câmara Municipal de Lisboa, Embaixada da Polónia em Portugal, Adam  Mickiewicz  Institute  

LINKS

9€

+16

60'


Interpretação em Língua Gestual Portuguesa (ILGP): 29 e 30 de abril

Espetáculo com Audiodescrição: 29 de abril

Bilhetes