Ter
30
abril
22:00
Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery — Matosinhos
7,50 EUR
WILLI DORNER / COMPANHIA INSTÁVEL
ÁUSTRIA / PORTUGAL
BALLET DE CAUSA ÚNICA

Estreia

Image
Ter
30
abril
22:00
Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery — Matosinhos
7,50 EUR

newsletter

“A representação do Homem será sempre a grande parábola do artista”.

Esta frase, de Oskar Schlemmer, e a imagem de Ser Humano que criou no Ballet Triádico, a sua síntese de “natureza e figura artística”, inspiraram Willi Dorner a pensar sobre o Homem de hoje, no nosso mundo atual, e a projetar e encenar uma imagem de futuro. A ideia do projeto começa com os conceitos fundamentais da Bauhaus, sobre a geometria do espaço e do corpo. Parte-se do ideal das formas abstratas, de como elas se encontram no corpo e de como são representadas. Como se de um laboratório se tratasse, um mundo ideal além da nossa realidade, o mundo ideal de formas geométricas e de cores. Introduz uma situação modelo para desmontá-la por meio de várias intervenções e, na esteira de Schlemmer, desenvolvem-se e transformam-se figuras artísticas que, progressivamente, refletem e trazem à tona o nosso mundo concreto e a nossa realidade material atual.

WILLI DORNER vive e trabalha em Viena. O seu trabalho inclui peças para palco e performances site specific. É autor da obra Bodies in Urban Spaces, apresentada em mais de 80 cidades, na qual performers e bailarinos utilizam espaços citadinos para desafiar noções de escultura e incentivar a reflexão sobre o espaço quotidiano. Além da dança, Dorner tem um profundo interesse por fotografia, cinema e artes visuais, integrando-as em algumas das suas obras coreográficas.

Com os seus projetos no Lugar Instável, a COMPANHIA INSTÁVEL tem desenvolvido um plano aprofundado de incentivo a criadores, através de um programa que pensa e apoia o percurso dos coreógrafos e intérpretes nas suas múltiplas fases e vertentes. Constitui-se como um projeto de desenvolvimento de residências, acompanhamento artístico, apresentação e formação.

Coreografia Willi Dorner • Assistente de coreografia Esther Steinkogler • Assistente de ensaios Cátia Esteves • Design de figurinos Estelita Mendonça • Composição musical Rui Dias • Desenho de luz Ricardo Alves • Intérpretes Liliana Oliveira, Deeogo Oliveira, Diogo Santos, Inês Melo Sousa, Maria Falcão • Apoio Embaixada da Áustria • Apoio à Internacionalização Fundação Calouste Gulbenkian • Coprodução Teatro Municipal do Porto, Companhia Instável • Duração aprox. 1h


24 ABR — 12 mAI 2019

Porto

MatosinhoS

Gaia