Qua
2
maio
22:00
Serralves — Porto
7,50EUR
ANA RITA TEODORO
DELIRAR A ANATOMIA: SONHO D’INTESTINO, ORIFICE PARADIS, PALCO
Image
© Sara Santos
Qua
2
maio
22:00
Serralves — Porto
7,50EUR

newsletter

É uma coleção de estudos febris dedicados a uma parte do corpo.


Um trabalho que se baseia no estudo da anatomia — na sua história, perspetiva da medicina chinesa, fisiologia e paleontologia — em cruzamentos iconográficos ou literários, assim como na experiência empírica. O delírio surge para desestabilizar e renomear as partes. Acontece pela fricção de factos e ficções, acontece pelo ataque aos órgãos e às suas funções destinadas. A ambição é a de provocar crises e revoluções que possam permitir mais liberdade na criação do corpo e assim, redesenhar as suas formas, gestos e funções, de modo a alargar o seu modo de ser e de existir. A primeira escolha é a de isolar uma parte do corpo e, friamente, colocá-la num estúdio vazio. Os estudos são focados no orifício. O orifício enquanto lugar de passagem, porque o trânsito entre o dentro e o fora proporciona o delírio. Delirar é passar-se. Sendo a anatomia a disciplina que nomeia os constituintes do corpo, “Delirar a Anatomia” é também um percurso de exploração de uma relação de simetria entre processo de escrita e processo coreográfico, entre palavra e gesto. — Ana Rita Teodoro


M/12

Ana Rita Teodoro é mestre em Dança, Criação e Performance pelo CNDC de Angers e a Paris 8 (2011/2013). Foi aluna do Fórum Dança (2002) e do Curso de Coreografia da Fun- dação Gulbenkian (2005). Estudou no c.e.m. com Sofia Neuparth, entre outros. Com a Bolsa de Aperfeiçoamento Artístico da Fundação Gulbenkian e com o apoio do CN D, Aide à la recherche et au patrimoine en danse, Ana Rita desenvolveu a pesquisa teórico-prática sobre os modos de transmissão da dança butoh por Yoshito Ohno (2015-2017). É artista da Associação PARASITA com João dos Santos Martins e artista associada do Centre National de la Danse, CN D (Pantin) desde 2017.

Conceito e coreografia Ana Rita Teodoro • Interpretação Ana Rita Teodoro, Katerina Andreou, Marcela Santander Corvalán, João dos Santos Martins, Daniel Pizamiglio • Desenho de Luz José Álvaro Correia • Figurinos Aldina Jesus • Produção Associação Parasita, CNDC Angers (no quadro do Master Essais de l’École Supérieure du CNDC Angers (2013) • Residências Artísticas CN D (Centre National de Danse, Pantin), La Métive (Creuse), Polo Cultural das Gaivotas (Lisboa), Companhia Olga Roriz (Lisboa), Espaço do Tempo (Montemor), Incubadora das Artes (Santarém), mala voadora (Porto), Artistas Unidos, Alkantara (Lisboa) • Coprodução Teatro Municipal do Porto, Teatro Sá da Bandeira (Santarém) e CN D (Centre National de Danse, Pantin) • Apoio Fundação GDA, Atelier Real • Duração aprox. 1h50

24 ABR — 12 mAI 2019

Porto

MatosinhoS

Gaia