Sáb
5
maio
19:00
Teatro Nacional São João — Porto
16,00EUR
CIE. SHANTALA SHIVALINGAPPA & FERRAN SAVALL
IMPRO SHARANA

Estreia Nacional

Image
Sáb
5
maio
19:00
Teatro Nacional São João — Porto
16,00EUR

newsletter

Exotismo mediterrânico e improvisações musicais de todo o mundo.

Uma experiência musical irrepetível partilhada com o público. O intimismo da sinceridade e a espontaneidade da criação. A base de cada improvisação é constituída por motivos simples e padrões harmónicos resgatados ao passado para acompanhar e acolher a improvisação melódica do momento presente. Melodias com linguagens que nunca se materializam numa palavra. Ferran Savall serve-se de fonéticas diferentes, sustentadas por técnicas e estilos de culturas do mundo. Uma voz, a de Savall, canta o momento e é acompanhada por guitarras e percussão, bem como por outros instrumentos como o oud, o kaval ou o qanun no formato mais completo. Em 2014, a bailarina Shantala Shivalingappa e Ferran Savall criaram o projeto “Impro Sharana”: um novo conceito de improvisação em diálogo com a dança contemporânea. Uma interação de possibilidades que coloca de lado a razão, inibição e autocensura, para dar lugar ao impulso e intuição, contexto e emoção.


M/6

Shantala Shivalingappa, nascida em Madrasta, na Índia, e criada em Paris, é filha do Oriente e do Ocidente. Cresceu num mundo repleto de dança e música, tendo sido iniciada em tenra idade pela mãe, a bailarina Savitry Nair. Profundamente tocada e inspirada pelo estilo puro e gracioso do mestre Vempati Chinna Satyam, Shantala dedicou-se à dança kuchipudi e teve uma formação intensa e rigorosa por parte do seu mestre. Movida por um desejo profundo de trazer a dança kuchipudi ao público ocidental, atuou em festivais e palcos importantes. Trabalhou com alguns dos maiores artistas do nosso tempo: Maurice Béjart, Peter Brook, Pina Bausch e Ushio Amagatsu.



Ferran Savall desde a infância que o filho de Montserrat Figueras e Jordi Savall teve contacto diário com o mundo da música. Estudou guitarra e especializou-se em instrumentos antigos na Escola Superior de Música da Catalunha com Xavier Díaz-Latorre, em Trossingen (Alemanha) com Rolf Lislevand (teorba) e em várias ocasiões com Andrew Lawrence-King, em Sant Feliu de Guíxols (Catalunha). Ferran Savall é um cantor autodidata. Estudou música do mundo – Paquistão, Índia e Arménia, entre outros –, mas sempre rejeitando especializar-se em qualquer estilo e procurando elementos técnicos para integrar nas suas improvisações

Coreografia, interpretação Shantala Shivalingappa • Música, guitarra e voz Ferran Savall • Baixo Jordi Gaspar • Percussão David Mayoral • Kaval (flauta) Nedyalko Nedyalkov • Oud Driss El Maloumi • Luz Nicolas Boudier • Som, gestão Jordi Rotés • Produção [H]ikari - Compagnie Shantala Shivalingappa • Colaboração CIMA -Fundació Centre Internacional de Música Antiga • Coprodução Mercat de les Flors (Barcelona), Festival Temporada Alta (Girona), FIND India-Europe Foundation for New Dialogues (Roma) • Duração aprox 1h20

24 ABR — 12 mAI 2019

Porto

MatosinhoS

Gaia