Dom
13
maio
2018
11:30
CASA DA ARQUITETURA

Voltar

FLÁVIA TÁPIAS
OUROBOROS

Estreia Nacional

CASA DA ARQUITETURA
Image

DR

Performance inspirada em Eva Clouard e na figura da serpente que morde a cauda. Esta performance foi inspirada na obra da artista plástica Eva Clouard (França), intitulada “La Phobie du Jardinier”. A obra é formada por várias ‘serpentes’ que foram criadas com mangueiras de água. “Ouroboros” é um símbolo místico que costuma ser representado pelo círculo ou pela água. Representa o conceito da eternidade, através da figura de uma serpente (ou dragão) que morde a própria cauda. Com base na semiótica, a representação circular do ouroboros simboliza a constante evolução e movimento da vida, além de outros significados como a ressurreição, a criação, a destruição e a renovação. — Flávia Tápias

Flávia Tápias é coreógrafa, intérprete e professora de dança contemporânea graduada pela Faculdade Angel Vianna no Brasil. É integrante do Grupo Tápias desde 1998, no qual atua até hoje, juntamente com a coreógrafa Giselle Tápias. É diretora artística do Festival Tápias e assistente de direção e curadora dos festivais internacionais de dança contemporânea Dança em Trânsito e Correios em Movimento, realizados no Brasil. Atua como professora de técnica de dança contemporânea e composição coreográfica em diversos festivais e mostras internacionais.

newsletter

Porto

MatosinhoS

Gaia