Qui
25
abril
19:00
Auditório Municipal de Gaia — Gaia
7,50 EUR
CLARA ANDERMATT & JOÃO LUCAS
PARECE QUE O MUNDO
Image
José Frade
Qui
25
abril
19:00
Auditório Municipal de Gaia — Gaia
7,50 EUR

newsletter

A coreógrafa Clara Andermatt junta-se ao pianista e compositor João Lucas, seu colaborador de longa data. Uma cumplicidade alimentada pelo questionamento das relações expressivas entre o movimento e a música. Parece que o Mundo, inspirado no livro Palomar, de Italo Calvino, é uma montra que aproxima os espectadores do mundo que observa e é observado. Conjugando intuição e pensamento metódico, a atenção às coisas movimenta-se pela imensidão daquilo que parece - quer nas relações mais amplas com o cosmos ou com o infinito, quer no âmbito mais restrito das observações quotidianas, construindo os seus símbolos e os seus significados. Com um elenco de bailarinos e músicos, esta peça, tal como a obra que a inspira, oscila entre três planos distintos: o da observação, o da narrativa e o da meditação.

CLARA ANDERMATT nasceu em Lisboa em 1963. Estudou dança com Luna Andermatt e licenciou-se no London Studio Centre e na Royal Academy of Dancing, em Londres. Integrou entre 1984-88 a Companhia de Dança de Lisboa (dirigida por Rui Horta), e entre 1989-91 a Companhia Metros, em Barcelona (com direção de Ramón Oller). Com a sua Companhia (desde 1991), cria e produz numerosas obras, distinguidas com prémios e regularmente apresentadas em Portugal e no estrangeiro. O seu percurso é marcado pela viagem, pelo encontro com outras culturas e outras linguagens artísticas, especialmente nas zonas de fronteira entre formatos e estilos, entre o corpo treinado e não treinado e o desejo de aproximação do outro, procurando sentir e perceber a singularidade de cada indivíduo.

JOÃO LUCAS nasceu em 1964 em Lisboa. É pianista, compositor e pesquisador. Graduou-se com alta classificação no curso superior de piano do Conservatório Nacional de Lisboa. Colaborou com alguns dos mais importantes criadores do teatro e da dança contemporânea em Portugal, tendo participado como compositor em mais de setenta peças, muitas delas premiadas nacional e internacionalmente.

Direção Clara Andermatt • Cocriação Clara Andermatt e João Lucas • Intérpretes Ana Moreno, Felix Lozano, Gil Dionísio, Joana Guerra, João Madeira, Jolanda Loellmann e Liliana Garcia • Composição de música eletrónica Jonas Runa • Cenografia Artur Pinheiro • Figurinos Ana Direito • Desenho de luz José Álvaro Correia • Operação de som Ricardo Figueiredo • Apoios O Espaço do Tempo, Musibéria, Estúdios Vítor Córdon CNB-TNSC, Jazzy Dance Studios, Playbowling de Cascais, Teatro do Bairro • Produção Companhia Clara Andermatt • Coprodução Teatro Municipal do Porto / DDD – Festival Dias da Dança, São Luiz Teatro Municipal, Cine-Teatro Louletano, Companhia Clara Andermatt • Duração aprox. 1h20

24 ABR — 12 mAI 2019

Porto

MatosinhoS

Gaia