Qui
3
maio
2018
22:00
Auditório Municipal de Gaia — Gaia
7,50EUR

Voltar

JOÃO FIADEIRO
FROM AFAR IT WAS AN ISLAND

Estreia

Auditório Municipal de Gaia — Gaia
Image

DR

Eles dirigem-se para algum lugar, mas o lugar para onde vão é aquele de onde nunca saíram.


“From afar it was an Island” [De longe era uma ilha] é o título de um livro para crianças do designer italiano Bruno Munari. Dramaturgicamente este trabalho não se apoia no livro de forma direta, mas aquilo que procuramos em termos de qualidade de presença, duração e atenção relaciona-se com os princípios que o livro trata. De longe, aquilo que os intérpretes dizem e fazem, aparenta fazer sentido. Há, nos seus deslocamentos, uma lógica - uma sensação de princípio, meio e fim - que reconhecemos nos nossos corpos e nos corpos com que nos habituamos a interagir. Mas à medida que o tempo avança, percebemos que eles não se dirigem para lado nenhum e que não representam nada mais a não ser as suas presenças. Não quer dizer que andem em círculos, mas que se deslocam para um lugar onde o tempo está suspenso e em expansão. Um lugar onde o fim e princípio se confundem, o dentro e o fora se invertem, e o centro e a periferia se misturam. Se formos bem-sucedidos (se encontrarmos esse lugar e o conseguirmos partilhar), cumprimos aquela que nos parece ser a única função de uma obra de arte: oferecer-se de forma a ser imaginada.


M/12

João Fiadeiro pertence à geração de coreógrafos que emergiu no final da década de 80 e que, na sequência do movimento "pós-moderno" americano e dos movimentos da Nouvelle Danse francesa e belga, deu origem à Nova Dança Portuguesa. Grande parte da sua formação é feita entre Lisboa, Nova Iorque e Berlim, tendo depois sido bailarino na Companhia de Dança de Lisboa (86-88) e no Ballet Gulbenkian (89-90). Em 1990 fundou a Companhia RE.AL que, para além da criação e difusão dos seus espetáculos, apresentados com regularidade um pouco por toda Europa, Estados Unidos, Canadá, Austrália e América do Sul - acompanhou e representou artistas emergentes. Funda o Atelier Real em 2005, estrutura que acolhe artistas em residência e programa eventos transdisciplinares. João Fiadeiro tem orientado com regularidade workshops em diversas escolas e universidades nacionais e internacionais. Atualmente frequenta o doutoramento em Arte Contemporânea do Colégio das Artes da Universidade de Coimbra.

Conceito e direção João Fiadeiro • Codireção Carolina Campos • Interpretação e cocriação Adaline Anobile, Carolina Campos, Iván Haidar, Julián Pacomio, Nuno Lucas • Espaço Cénico Nadia Lauro • Espaço sonoro Jonathan Saldanha • Luz e direção ténica Leticia Skrycky • Dramaturgia Leonardo Mouramateus • Encomenda Alkantara Festival 2018 • Coprodução Alkantara ⁄ Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Municipal do Porto, Teatro Viriato (Viseu), Teatro Avenida (Castelo Branco), Centre National de la Danse (Paris) • Produção executiva RE.AL • Difusão Something Great
• Residências artísticas Atelier Real, Espaço Alkantara, Armazém 22 • Projeto financiado por República Portuguesa - Cultura / DGArtes – Direção-Geral das Artes através de um apoio pontual e apoiado por Câmara Municipal de Lisboa / Polo Cultural Gaivotas, Boavista • Duração aprox. 1h15

newsletter

Porto

MatosinhoS

Gaia